Olá pescadores de plantão agradeço por passarem aqui no meu Lago dos Sonhos e peço pra que, se possível, vcs deixem comentários sobre os textos, afinal sem eles naum terá como eu saber se estão ou não gostando do blog.


Também se puderem, deixem seu e-mail para q eu possa agradecer os comentários e a visita.


Bjus e espero que gostem


ASS: Pescador de Sonhos



domingo, 3 de maio de 2009

O ladrão de livros


Estava eu no centro da praça
Sob árvores verdejantes
Enredado em folhas dançantes
Preso a leituras inanimadas

Estava eu com poesias
Lendo a vida em linhas de versos
Vendo eu no meio do universo
Como alguém engrandecido

Era eu quem ali estava
Com meu livro entre as mãos
Mergulhado na contemplação
Da leitura dos poemas

Estava eu ali sozinho
Até um dito momento
Pois ao redor estava sedento
Um encapuzado ser

Estava eu ali com medo
E em minhas mãos só o Pessoa
E pra mim, olhava, a pessoa
Como quem algo queria

Sem nada, eu ali estava
Não tinha nada a oferecer
Só tinha o que me fazia crescer
Dei-lhe o livro em troca da vida

Estava ele ali, ignorante
Nem tinha idéia do que queria
O que dessem, lucro seria
Pois nem a vida mais ele tinha

Estava eu fugindo assustado
E caído no chão o livro
Deixado ao relento com um amigo
Aquele que antes era ladrão

Estamos nós hoje sentados
Sob a mesma árvore do acontecido
Ascendendo como grão de trigo
Que germina e dá frutos.

Um comentário:

Anônimo disse...

Pena que nem todas as pessoas veem o livro como uma porta para diversos mundos e variadas sensações...

Meu lobinho estah com fome de um bife para ele.