Olá pescadores de plantão agradeço por passarem aqui no meu Lago dos Sonhos e peço pra que, se possível, vcs deixem comentários sobre os textos, afinal sem eles naum terá como eu saber se estão ou não gostando do blog.


Também se puderem, deixem seu e-mail para q eu possa agradecer os comentários e a visita.


Bjus e espero que gostem


ASS: Pescador de Sonhos



domingo, 14 de novembro de 2010

Às Náides do Vesúvio


À seu falso rubro cabelo
Qual brasa em sangue vertida
De puro e natural vermelho
Qual veia, qual duto de fogo,
Qual rosa ferida de espinho

Oh! Náiade do Vesúvio
Que faz das lavas
Seu rio caudaloso
Das pedras, seu bosque florido
De mim um incêndio cardíaco

Oh! Moça de corpo de fogo
De cabelos crepitantes
Quem não tem amores
Tem amantes
Mulher de vida flamejante

Mulher de vida, sou seu homem
Homem que por, não seu canto
Mas seus curvos cantos,
Seu colo ardente e escamado,
Naufraga a nau, qual frágua em labaredas

Oh! Dama das rochas líquidas
Peço como o servo que meramente sou
Me queime em sua fornalha
Me ferva, me verta em magma
Me faça fagulhar de amor.

Meu lobinho estah com fome de um bife para ele.